L'enfer c'est les autres

L'enfer c'est les autres

AskPróxima páginaArquivo

Eu não sei porque sempre esperar muito uma de outra pessoa, quanto mais a gente espera mais a gente pode se decepcionar, mas eu nunca aprendi isso, ou nunca deixei isso entrar na minha cabeça.

Sei lá, é tanta coisa simples do dia-a-dia que pode ser feito mas não é, um agrado, uma palavra de conforto, chamar na webcam, fazer uma ligação quando não nos vemos, mas passa dias e dias e isso não acontece, e quanto mais o tempo passa, menor é a probabilidade de que isso vá acontecer um dia.

Logo mais a gente não se vê, a saudade diz que bate, mas mesmo a distância, o sms basta.

Por que eu também não consigo me contentar só com as palavras? Por que eu preciso ver, ouvir, sentir, tocar. Por que eu sufoco tanto por nós dois? Por que eu não consigo mais acreditar tanto…….

Hoje é nossa data e eu não li nenhum “eu te amo”, nem quando não é nossa data, sempre é bom lembrar essas coisas, as vezes vem junto com um boa noite, outras vezes não.

Eu canso de falar o que me incomoda e o que eu acho que da pra melhorarmos juntos e não acontecer nada, entrou num ouvido e saiu pelo outro.

Tudo que eu mais queria era tá fazendo um lindo texto com todo amor do mundo e muito no que me inspirar, mas só queria.

Não sei se eu tenho mania de dramatizar tudo, mas me sinto deslocada e sozinha nesse mundo imenso, eu não tenho pra quem ligar quando sobra tempo, nem quem conversar, nem alguém pra sair.

As pessoas mudam, e mudam tanto, e essa mudança me dá tanto medo, quanto mais se muda, mais diferente os gostos ficam, se a gente se conhece, se gosta, se quer por afinidade de gostos, isso vai diminuindo, por que parece que cada vez mais o desinteresse aumenta, ou é mais legal discordar a opinião, e não compartilhar mais os mesmos gostos, apenas criticar um ao outro.

E o amor que era pra ser um sentimento bonita se torna angustiante…

contador de visitas gratis